segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Agências espaciais vão provocar colisão para desviar asteroide

 
Paraná Online
Foto ilustrativa da internet




A Nasa e a Agência Espacial Europeia (ESA, na sigla em inglês) vão trabalhar juntas em um teste para desviar a rota de um asteroide. O anúncio da operação Avaliação de Impacto e Desvio de Asteroide (Aida), que vai ser realizada em 2022, foi feito nesta semana pelos dois órgãos no Congresso Europeu de Ciência Planetária 2015, realizado em Nantes, na França.

Segundo informações da rede europeia de cientistas espaciais Europlanet, o alvo do estudo da ação será o asteroide Didymo e seu satélite, apelidado de Didymoon. As sondas das agências serão enviadas ao espaço em 2020 e, no ano seguinte, deverão alcançar o asteroide.

Curta a página do Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias 

Após uma série de estudos, a sonda americana vai se chocar com Didymoon, enquanto a europeia fará a avaliação de desempenho da colisão.

O objetivo, segundo Patrick Michel, líder da equipe europeia, é "entender melhor os asteroides - do que eles são feitos, suas estruturas, origens e como eles respondem a colisões". Segundo a Europlanet, o cientista disse que a "Aida vai ser a primeira missão a estudar o sistema de um asteroide, assim como a primeira a testar se consegue ou não desviar a rota de um asteroide com um veículo espacial".

Dessa maneira, Patrick acredita que seja possível "proteger a Terra de possíveis colisões perigosas".





Nenhum comentário:

Postar um comentário