quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Policial militar confessa tentativa de sexo com menores, filhas de sua namorada

WSCOM
Foto reprodução WSCOM


Na conversa divulgada, o policial pede que a mulher dope as próprias filhas, para que ele abusasse das mesmas, o homem, inclusive, diz que providenciará os medicamentos.

Um policial militar do 14º Batalhão de Sousa, no Sertão da Paraíba, foi afastado nesta quarta-feira (30) após uma conversa sua vazada, mostrar ele supostamente tentando convencer uma mulher a facilitar o sexo com suas duas filhas, uma de 4 e uma de 14 anos de idade. Na conversa divulgada, o policial pede que a mulher dope as próprias filhas, para que ele abusasse das mesmas, o homem, inclusive, diz que providenciará os medicamentos.

Curta a página do Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias 

O policial foi afastado do cargo até o final das investigações. Nas mensagens, o homem diz que é obcecado pela garota, e que gostaria de acabar com esse desejo de vez. "Vc terá a chance de me dar a maior prova de amor do mundo, q é a sua própria filha", diz para a mulher.

No decorrer da conversa, a mulher argumenta que não pode decidir pela filha. “Ela é virgem, ela que tem que escolher com quem vai perder a virgindade, não eu”. A mesma foi informada pela polícia do vazamento da conversa, e deve prestar depoimento.

O major Rômulo Ferreira, locado no mesmo Batalhão que o policial suspeito, revelou que o suspeito assumiu ter enviado as mensagens, mas negou que tivesse a intenção de realizar os atos que falou na conversa.





Nenhum comentário:

Postar um comentário