terça-feira, 15 de setembro de 2015

INSS bloqueia dinheiro e 35 prefeituras da PB tem cota do FPM zerada

Click PB
Foto ilustrativa da internet



O INSS bloqueou a primeira parcela dos repasses do Fundo de Partição dos Municípios (FPM) deste mês de setembro zerando as contas bancárias de 35 das 223 prefeituras paraibanas. A transferência dos recursos  federais havia sido depositado nas contas das prefeituras  no último dia 10. A informação é do presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino (PSB) acrescentado que em outras 50 prefeituras  o repasse, devido a intromissão do INSS,  foi insignificante.

O deputado responsabilizou o INSS  pelo agravamento da crise financeira das prefeituras . "O INSS sempre foi mais forte que o Exército na ditadura. Do que o Exército na época da força...", bradou da tribuna o presidente da Casa.

Curta a página do Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias

Galdino responsabilizou o instituto Nacional de Seguridade Social por futuro atraso no pagamento dos servidores de dezenas de municípios da Paraíba. "A primeira parcela do FPM é a base da folha das prefeituras" ressaltou.

Adriano Galdino lamenta que a crise econômica que atinge o Brasil provoque  queda no repasse no Fundo de Participação dos Município, onde, paraticamente 200 prefeituras municipais na Paraíba estão pagando o funcionalismo com atraso,  mas acusa o INSS de agravar o problema .





Nenhum comentário:

Postar um comentário