quarta-feira, 12 de agosto de 2015

PRF prende estrangeiro procurado pela Interpol na Paraíba

 
PB Agora
Foto reprodução PB Agora



A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu, na tarde de hoje (12), um estrangeiro procurado pela Interpol pelo crime de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro. Com o homem foram encontrados mais R$ 90 mil em espécie. A prisão ocorreu no posto da PRF de Mamanguape, na BR 101.

O português Rui Jorge Pimentel Rodrigues Pereira, 42 anos de idade, foi preso pela PRF em uma fiscalização de rotina. Ele dirigia um veículo importado de luxo, um Infiniti FX 35. Na abordagem ele se apresentou como brasileiro, inclusive, ele apresentou documentos, no caso, uma carteira de habilitação (CNH) e carteira de identidade (RG), expedidos entre 2011 e 2013, na Bahia. Entretanto, os PRFs descobriram que não havia indícios da presença dele no Brasil em datas anteriores a 2011.

Curta a página do Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias.

Os policiais encontraram R$ 92 mil e 200 reais em espécie sem, no entanto, justificar a origem. Ainda foi encontrado um boleto bancário em nome de um estabelecimento comercial, localizado em Parnamirim (RN), com o nome do proprietário de origem portuguesa. Quando os agentes pesquisaram descobriram que tratava-se dele próprio.

Para conseguir a identidade brasileira o português confessou que pagou mil reais. E a partir deste documento ele conseguir obter a CNH e um passaporte brasileiro.

Rui Jorge era procurado pela Interpol (Organização Internacional de Polícia Criminal), que havia sido preso em 2005, quando foi condenado pela Justiça portuguesa por tráfico e lavagem de dinheiro e considerado foragido pouco tempo depois. O preso declarou que mora em Parnamirim, no Rio Grande do Norte, e que é dono de um restaurante localizado na mesma cidade. Rui vivia como brasileiro, usando documentos falsos com o nome de Rui da Silva Pereira.

A ocorrência foi encaminhada para a Polícia Federal, em Cabedelo.





Nenhum comentário:

Postar um comentário