quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Paraibana Bethe Correia recebe 45 dias de suspensão do UFC

Bethe Correia praia (Foto: Reprodução/Instagram)
Combate
Foto: Reprodução/Instagram


Cláudia Gadelha, Reginaldo Vieira, Dileno Lopes, Jessica Aguilar e Patrick Cummins recebem suspensões médicas mais longas do UFC Rio 7 e podem parar por 180 dias.

O nocaute impressionante sofrido pela brasileira Bethe Correia na disputa do cinturão peso-galo feminino contra Ronda Rousey, no UFC Rio 7 (UFC 190), não resultou num longo tempo de suspensão médica. 

A Comissão Atlética Brasileira de MMA divulgou a relação de suspensões nesta segunda-feira, e recomendou que a lutadora paraibana fique apenas 45 dias sem lutar, com 30 dias sem treino de contato físico. Vencedora da luta, que durou apenas 34s, Ronda recebeu 30 dias de suspensão e não pode fazer treino de contato por 21 dias. Ela deve passar a semana no Brasil de férias, antes de retornar aos EUA.

Curta a página do Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias.

Pouco depois da divulgação das suspensões, Bethe Correia mostrou estar bem e pronta para outra luta. Ela publicou nas redes sociais foto na praia ao lado da irmã Suzana e do noivo e treinador Edelson Silva. "Curtindo uma praia com quem amo. Bom demais, sol lindo", escreveu a lutadora.

As suspensões mais longas, de 180 dias, foram dadas a cinco lutadores: Cláudia Gadelha (lesão na mão esquerda), Reginaldo Vieira (lesão no nariz), Dileno Lopes (fratura nasal), Patrick Cummins (fratura nasal) e Jessica Aguilar (lesão no nariz). 

Os cinco só podem retornar antes se tiverem liberações especiais de médicos especialistas. Outros que ficarão mais de 45 dias parados incluem Rafael Feijão (suspensão de 90 dias, sem treino de contato físico por 60) e Rodrigo Minotauro (suspensão de 60 dias, sem contato por 45).


Confira a lista completa de suspensões médicas do UFC Rio 7:


Guido Cannetti – 14 dias de suspensão, sete sem treino de contato

Hugo Wolverine – 30 dias de suspensão, 21 sem treino de contato

Clint Hester – 45 dias de suspensão, 30 sem treino de contato

Vitor Miranda – 30 dias de suspensão, 21 sem treino de contato

Leandro Issa – 45 dias de suspensão, 30 sem treino de contato

Iuri Marajó – 30 dias de suspensão, 21 sem treino de contato

Nordine Taleb – 14 dias de suspensão, sete sem treino de contato

Warlley Alves – 14 dias de suspensão, sete sem treino de contato

Rafael Feijão – 90 dias de suspensão, 60 sem treino de contato

Patrick Cummins – 180 dias de suspensão, ou liberação de um especialista (fratura nasal)

Demian Maia – 14 dias de suspensão, sete sem treino de contato

Neil Magny – 14 dias de suspensão, sete sem treino de contato

Jessica Aguilar – 180 dias de suspensão, ou liberação com raio-x do nariz

Claudia Gadelha – 180 dias de suspensão, ou liberação com raio-x da mão esquerda

Soa Palelei – 45 dias de suspensão, 30 sem treino de contato

Antonio Pezão – 30 dias de suspensão, 21 sem treino de contato

Rodrigo Minotauro – 60 dias de suspensão, 45 sem treino de contato

Stefan Struve – 45 dias de suspensão, 30 sem treino de contato

Dileno Lopes – 180 dias de suspensão, ou ser liberação de um especialista (fratura nasal)

Reginaldo Vieira – 180 dias de suspensão, ou liberação com raio-x do nariz

Fernando Bruno – 30 dias de suspensão, 21 sem treino de contato

Glaico França - 30 dias de suspensão, 21 sem treino de contato

Rogério Minotouro – 45 dias de suspensão, 30 sem treino de contato

Mauricio Shogun – 45 dias de suspensão, 30 sem treino de contato

Bethe Correia – 45 dias de suspensão, 30 sem treino de contato


Ronda Rousey – 30 dias de suspensão, 21 sem treino de contato



Nenhum comentário:

Postar um comentário