sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Crise: Emprego segue em queda na PB; construção, comércio e serviços demitem mais

Sine da Capital
Portal Correio
Foto: Adriano Franco



Números ruins ocorrem desde o início do ano, quando já foram demitidos 16,2 mil trabalhadores; dados são do Caged.

A Paraíba perdeu 2,6 mil postos de trabalho em julho deste ano, o pior resultado para o mês desde 2003. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (21) pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho.

O Caged diz que os dados ruins vêm da Construção Civil (-1.155 postos), do Comércio (-725), dos Serviços (-699) e da Indústria de Transformação (-447 postos).

Curta a página do Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias.

Os números ruins ocorrem desde o início do ano, quando já foram demitidos 16,2 mil trabalhadores, conforme o Caged. O resultado corresponde a uma queda de 3,82% na geração de empregos, quando se compara com os sete primeiros meses de 2014.







Nenhum comentário:

Postar um comentário