quarta-feira, 8 de julho de 2015

Seridó paraibano: Promotoria diz que SINPUC não tem legitimidade para realizar assembleias

Blog de Nova Palmeira
Foto ilustrativa da internet



Depois de participar nesta quarta-feira, 7, de audiência com o Promotor de Justiça, na ybgcidade de Picuí no Seridó paraibano, a Secretária Municipal de Saúde de Nova Palmeira - PB, Wilma Castro, esclareceu a verdadeira situação aos nova-palmeirenses.
Em publicação difundida na tarde do sábado, 27 de junho, o Sindicato dos Servidores Públicos da Região do Curimataú (SINPUC), acionou o Ministério Público (MP) para reclamar da atitude abusiva da secretária de Saúde de Nova Palmeira, Wilma Castro.

A argumentação do sindicato é que a secretária convocou os servidores da secretaria para um fórum eleitoral com a finalidade de escolher representantes para compor o Conselho Municipal de Saúde no segmento dos trabalhadores do Sistema Único de Saúde (SUS).
 Depois de participar nesta quarta-feira, 7, de audiência com o Promotor de Justiça, na cidade de Picuí, Wilma Castro esclareceu em nota, a verdadeira situação aos nova-palmeirenses, afirmando que o edital lançado por sua secretaria estava conforme determina a lei.

Curta a página do Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias.

"Venho por meio desta, informar a população de Nova Palmeira que em momento algum tive intenção de fazer uso de abuso do poder como fui acusada pelo sindicato. Provei isto na audiência desta quarta-feira (7), quando fui solicitada a cancelar a assembleia feita pelo mesmo. Na ocasião ficou claro que o sindicato não tem legitimidade para realizar as assembleias, que o direito de realização é da secretaria. Mas, em respeito à entidade e aos membros escolhidos, optei em dar continuidade ao processo que já tinha sido realizado pela entidade. Que fique claro que o abuso do poder foi acometido pelo SINPUC. Trabalhamos sempre pensando no melhor para os nova-palmeirenses, e nunca por grupo".

Confira abaixo a Ata da Audiência




Nenhum comentário:

Postar um comentário