quinta-feira, 9 de julho de 2015

Polícia da PB investiga vazamento de vídeo intimo de adolescentes no WhatsApp

Vale do Piancó Notícias
Foto ilustrativa da internet  


De acordo com as primeiras informações, a mãe de uma adolescente, procurou a Promotoria da Infância e Juventude, da cidade de Itaporanga no Sertão da Paraíba, depois que tomou conhecimento do vídeo, em que sua filha aparecia mantendo relações sexuais com o outro adolescente.

No vídeo, uma adolescente de 13 anos, com outro adolescente de 17 anos, vazou no whatsApp e o caso foi parar na delegacia de polícia civil da cidade de Itaporanga.
Nas imagens, somente o rosto da adolescente aparecem nitidamente, enquanto o adolescente não deixou que seu rosto fosse filmado.

O caso está sendo investigado pelo delegado José Pereira. Ele já intimou e ouviu a adolescente, na tarde da última terça-feira(7). Ela será submetida ao exame sexológico para comprovar materialmente a conjunção carnal, o que caracteriza estupro de vulnerável, pelo fato dela ter apenas 13 anos.

Curta a página do Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias.

Já o adolescente será ouvido nos próximos dias e poderá ser punido, na forma da lei, pelo ato criminoso que cometeu.

No entanto, o mais impactante é o constrangimento da família em ver imagens de sua filha sendo compartilhada e vistas por várias pessoas.

A idade de consentimento é a idade abaixo da qual se presume legalmente que houve violência na prática de atos sexuais, independentemente de a prática ter sido forçada ou não. O sexo com indivíduos de idade inferior a 14 anos é considerado abuso sexual, e por isso é crime.





Nenhum comentário:

Postar um comentário