quinta-feira, 23 de julho de 2015

Homem condenado a 15 anos por matar ex-vereador é preso quando ordenhava vaca

Silvino Pereira foi morto em 2008
Portal Correio
Foto reprodução Portal Correio



João Alves estava sendo procurado desde 2008 depois ter matado o ex-vereador Silvino Pereira de Marrocos, que era irmão da ex-vereadora de João Pessoa, Sandra Marrocos.
O foragido da justiça João Alves Barbosa, 62 anos, conhecido por João Carnaúba, foi preso no início da manhã desta quinta-feira (23) durante uma operação da Polícia Militar na cidade de Curral Velho, a 455 km de João Pessoa, por força de um mandado judicial expedido pela juíza Isabella Joseane Assunção. Ele estava sendo procurado desde 2008 depois ter matado o ex-vereador Silvino Pereira de Marrocos, que era irmão da ex-vereadora de João Pessoa, Sandra Marrocos. À época, a vítima era candidata a prefeito do município. Alves foi condenado a 15 anos de prisão em regime fechado.

De acordo com o major Antônio Guedes, comandante do 13º Batalhão, 23 policiais militares participaram da ação. João Alves foi preso em um curral de propriedade dele quando se preparava para ordenhar a vaca.

A propriedade rural foi cercada pelas autoridades policiais e o acusado ainda esboçou reação, mas foi baleado e preso. “Quando João Alves viu a presença dos policiais, ele puxou um carregador de arma da camisa e, nesse momento, os militares reagiram. O acusado foi atingido de raspão do braço e, logo em seguida, foi preso”, disse o major.

Curta a página do Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias.

João Alves foi levado para o Hospital Regional de Itaporanga de onde foi transferido para o Hospital Regional de Patos. O preso será apresentado à Delegacia Seccional de Itaporanga e transferido para uma das unidades prisionais no Sertão da Paraíba.

Em contato com o Portal Correio, a ex-vereadora Sandra Marrocos disse estar aliviada com a prisão. “É um dia muito feliz. Enfim foi feita justiça. Eu e nossa família agradecemos às pessoas que nos foram solidárias, amigas, verdadeiras, que choraram junto conosco, e que celebraram as vitórias”, falou emocionada.





Nenhum comentário:

Postar um comentário