segunda-feira, 27 de julho de 2015

Fantasmas? Municípios da Paraíba têm mais eleitores que habitantes

Polêmica Paraíba
Foto reprodução Polêmica Paraíba


‘Fenômeno’ da multiplicação dos eleitores é percebido com o cruzamento do eleitorado, publicado pelo TSE, com a população estimada de 2014 pelo IBGE.

Dos 98 municípios da Paraíba onde haverá recadastramento biométrico do eleitorado, o número de votantes supera o de habitantes em dez cidades. O ‘fenômeno’ da multiplicação dos eleitores é percebido com o cruzamento do eleitorado, publicado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e com a população estimada de 2014 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Encabeça a lista a cidade de Lastro, no Sertão, que possui 2.787 habitantes e 3.212 eleitores, ou seja, 15,2% a mais. Em Cajazeirinhas, o eleitorado chega a 3.447 para 3.148 habitantes, uma diferença de 229. No Curimataú, Algodão de Jandaíra tem 2.723 votantes e 2.461 moradores.

Curta a página do Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias.

Em relação aos municípios onde não haverá este ano a revisão eleitoral, dois são marcados pelo “excesso” de votantes. Em Bom Jesus, no Sertão, estão cadastrados 2.742 eleitores aptos a votar, contingente superior aos 2.514 habitantes. Na mesma região, Santa Inês tem o eleitorado de 3.865 para uma população de 3.593.

Em virtude da falta de recursos, o Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) está buscando parcerias com prefeituras para viabilizar o cadastramento de eleitores em 98 cidades. No meio de semana, o presidente do TRE, desembargador João Alves da Silva, conclui a penúltima etapa de visitas às cidades contempladas com a Biometria 2015.

Ele se reuniu com autoridades dos municípios que compõem as Zonas Eleitorais de Soledade (23ª), Juazeirinho (56ª), Patos (28ª e 65ª), Santa Luzia (26ª), Teixeira (30ª) e Taperoá (27ª). O encontro conta com a presença de juízes eleitorais, chefes de cartórios, presidentes de câmaras e prefeitos. O último encontro ocorreu em Patos.

“Passamos pelo Litoral, Brejo, Cariri e estamos hoje no Sertão, onde continuaremos na semana seguinte e, nos municípios visitados até agora não encontramos nenhuma dificuldade dos prefeitos ou dos presidentes de câmaras. Todos estão se comprometendo a ajudar”, afirmou João Alves. Os trabalhos foram iniciados nos cartórios e serão intensificados em agosto.






Nenhum comentário:

Postar um comentário