segunda-feira, 27 de julho de 2015

Bandidos incendeiam mais um ônibus em CG e crime pode ter relação com rebelião no Presídio do Serrotão

PB Agora
Foto reprodução PB Agora



O clima voltou a ficar tenso em Campina Grande na manhã desta segunda-feira (27). Após o princípio de rebelião no presídio do Serrotão, os bandidos voltaram a incendiar um ônibus na cidade. Desta fez o cime aconteceu no bairro da Ramadinha.

Segundo as primeiras informações da polícia, o veículo foi queimado na rua Vicente Gomes de Almeida, bairro da Ramadinha. Não há informações sobre os suspeitos do crime ou se há feridos no local. A polícia não trabalha com a hipótese do incêncio ter relação com a rebelição do Serrotão.De acordo com o Corpo de Bombeiros, o chamado foi registrado por volta das 11h10 e ainda não havia informações sobre quem ateou fogo no veículo. Ninguém ficou ferido.

Curta a página do Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias.

Outros três casos de incêndio de ônibus foram registrados entre os dias 13 e 15 de maio na cidade. A ordem para atacar e incendiar transportes coletivos na cidade foi dada por detentos que estavam no Presídio Regional do Serrotão, segundo apontaram os investigadores da Polícia Civil.

O incêndio desta segunda-feira acontece na mesma manhã em que um detento foi baleado dentro do Presídio do Serrotão. O homem foi levado para o Hospital de Trauma de Campina Grande e, segundo a unidade de saúde, o estado dele é considerado gravíssimo. Os outros dos detentos da unidade se rebelaram e pedem mudanças nas regras da penitenciária.

O secretário estadual da Administração Penintenciária, Wagner Dorta, disse que houve confronto entre agentes e detentos, mas ele ainda está investigando como aconteceu o disparo e acredita que ao longo desta segunda-feira tudo será esclarecido.

Rebelião-  O princípio de rebelião aconteceu durante a manhã. Um detento de 26 anos foi baleado na cabeça dentro do Presídio do Serrotão.De acordo com a assessoria de imprensa do Hospital da Trauma de Campina Grande, o apenado foi levado para o hospital por uma equipe de agentes da penitenciária, está em estado grave e sendo atendido na área vermelha.

A Polícia Militar confirma um princípio de rebelião que foi registrado durante a manhã dentro do presídio e viaturas da PM foram encaminhadas para o local. Os detentos reclamam da redução do tempo do banho de sol, má qualidade da comida e da água.



Bandidos incendeiam mais um ônibus em CG e crime pode ter relação com rebelião no Serrotão





Nenhum comentário:

Postar um comentário