quinta-feira, 4 de junho de 2015

Preso um dos executores de pastor; polícia já conhece paradeiro de cúmplices

Pastor José Carlos
Portal Correio
Foto reprodução Portal Correio



Mandado de prisão foi cumprido e o acusado seria direcionado para o presídio João Bosco Carneiro, em Guarabira; investigações descobriram que ele estava no RJ desde a época do crime.

Mais um dos envolvidos na execução do pastor José Carlos, ocorrida em junho do ano passado, na cachoeira do Ouricuri, Zona Rural do município de Pilões,no Brejo da Paraíba, a 117 km de João Pessoa foi preso pela Polícia Civil. O religioso congregava na Igreja Pentecostal do Bessa, na Capital. O acusado preso, de 21 anos, é apontado pela polícia como um dos executores do crime. As investigações descobriram que ele estava no estado do Rio de Janeiro desde a época do crime. Policiais buscam foragidos restantes.

Curta a página do Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias.

Segundo o delegado titular da Delegacia Seccional de Polícia Civil de Guarabira, Wallber Virgulino, um mandado de prisão foi cumprido e o acusado seria direcionado para o presídio João Bosco Carneiro, em Guarabira.

Em dezembro de 2014, uma operação intitulada 'Loki' já havia detido oito envolvidos na morte de José Carlos, dentre eles um menor.
“Ainda existem alguns foragidos, que apenas deram apoio ao crime, tendo menor participação. Nós já sabemos onde eles estão”, contou Wallber.




Nenhum comentário:

Postar um comentário