domingo, 7 de junho de 2015

Flávio José revela primeiro encontro com Luiz Gonzaga e realiza sonho de garoto de seis anos

PB Agora
Foto reprodução internet



Reverenciado como o “rei do xote”, o cantor e sanfoneiro Flávio José, revelou como foi o seu primeiro encontro com o “rei do baião” Luiz Gonzaga. Ao se apresentar no Parque do Povo na noite de sábado, dentro da programação do Maior São João do Mundo, o “caboclo sonhador” contou que conheceu Luiz Gonzaga quando tinha cinco anos. Luiz Gonzaga estava fazendo um show em cima de um caminhão, enquanto o pequeno Flávio no meio da multidão, admirando a obra do sanfoneiro.

A voz do “rei do baião” serviu de inspiração para o paraibano de Monteiro, que anos depois se transformou em um dos cantores mais famosos do Nordeste que anima as festas de São João no mês de junho. Desde aquele dia, Flávio decidiu divulgar a obra de Luiz Gonzaga, sempre defendendo o autêntico forró movido ao som da sanfona, do triângulo e do zabumba.

Curta a página do Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias.

O cantor que ganhou a sua primeira sanfona com quatro anos de idade, foi convidado pela Rede Record para realizar o sonho de um garoto de seis anos do Sertão do Ceará. O pequeno sanfoneiro, também admira a obra de Luiz Gonzaga e revelou ao apresentador da Record Geraldo Luiz, que um dos seus sonhos, era tocar ao lado de Flávio José.

Após terminar o show no Parque do Povo, onde abrilhantou mais uma noite do Maior São João do Mundo, Flávio anunciou que estava de malas prontas para embarcar para São Paulo onde iria realizar o sonho do pequeno Caio. Na tarde deste domingo, pouco mais de 8h após se apresentar no Parque do Povo, Flávio José chegou ao palco do programa do Geraldo Luiz com sua inseparável sanfona, e cantou ao lado do pequeno sanfoneiro do Sertão do Ceará.

“Eu sai de Campina Grande onde fiz um show no Parque do Povo, direto para aqui, a fim de realizar o sonho do Caio” disse Flávio. No palco, ao lado do pequeno Caio, Flávio cantou a música “Tareco e Mariola” mostrando para todo o Brasil, a força da música nordestina. Flávio também disse que não gostaria de ver o pequeno Caio tendo que se desfazer de sua sanfona para comprar outra. Ele prometeu doar o instrumento ao sanfoneiro ao longo de sua carreira artística.






Nenhum comentário:

Postar um comentário