quinta-feira, 4 de junho de 2015

Ex-primeira dama da PB é acusada de tentativa de homicídio contra babá do seu filho

 Pâmela Bório e babá do seu filho são acusadas de agressão e tentativa de homicídio
PB Agora com Blog do Helder Moura e Paraíba Já
Fotos reprodução PB Agora



Uma tentativa de homicídio teria acontecido na noite de quarta-feira (03) no bairro do Cabo Branco, na Orla de João Pessoa. A ex-primeira dama da Paraíba, a jornalista Pâmela Bório e a babá do seu filho, Indaiá Moreira estão sendo acusadas de agressão e tentativa de homicídio.

A jornalista acusa a babá do crime e a babá revida dizendo que foi a vítima e o caso foi parar na delegacia.

Informações divulgadas pelo jornalista Helder Moura e pelo Portal Paraíba Já trazem os boletins de ocorrência de um lado e do outro da questão.

De acordo com os documentos, Pâmela Bório foi acusada de agredir a socos e chutes a babá de seu filho e de ainda tentar matá-la com uma faca.

Em outro Boletim de Ocorrência (nº 3229/2015) feito por Pâmela, que foi registrado na 12ª Delegacia Distrital de João Pessoa, a babá vinha apresentando-se como doente e quando ela pediu que ela voltasse para sua casa, para se tratar, Indaiá teria partido para a agressão física, dizendo que não iria e que só receberia ordens do pai da criança, referindo-se ao governador Ricardo Coutinho.

Segundo o Boletim de Ocorrência, Pâmela revelou que só não foi agredida, porque teve a ajuda de um irmão que chegou no momento do incidente.

Curta a página do Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias.

Em depoimento à autoridade policial, a babá Indaiá Moreira disse que tudo começou por volta das 10h30min da noite ontem, quando Pâmela Bório quis expulsá-la do apartamento sob a alegação de que a virose da qual está acometida seria transmitida a ela e ao filho. Com a recusa da babá, a ex-primeira-dama teria entrado em seu quarto de forma agressiva, chegando a arremessar o celular da vítima pela janela, tendo a rede de proteção impedido. Pâmela ainda teria chutado a babá e a agredido com socos, além de ter investido contra ela com uma faca aos gritos de que iria matá-la.

De acordo com a babá, que nesse momento deixou o apartamento, todas as agressões foram presenciados pelo irmão de Pâmela, Cristian, que tentou contê-la, e pelo filho da ex-primeira-dama, que chorava e pedia à mãe que não machucasse Indaiá.

Após o depoimento, a babá foi encaminhada para a realização de exame de corpo de delito, que comprovou lesões.






Nenhum comentário:

Postar um comentário