sábado, 16 de maio de 2015

Polícia prende familiares e vizinhos acusados de abusar sexualmente de criança

WSCOM Online com Nordeste1
Foto reprodução WSCOM Online



Conselho Tutelar denunciou o ato. A própria menina contou a polícia que sofreu os abusos.

Uma menina de 11 anos sofreu abusos sexuais de quatro homens, entre familiares e vizinhos, na Região do Brejo paraibano. Os acusados foram presos, nesta sexta-feira (15), após operação conjunta realizada por agentes da Polícia Civil e policiais militares, no Bairro de Fátima, no município de Alagoinha.

O delegado de Alagoinha, Janduí Pereira, tomou conhecimento do caso há cerca de três semanas, após informações repassadas pelo Conselho Tutelar. Ele pediu que fosse realizado um exame na criança que confirmou que ela teve relações sexuais há 21 dias. Em seguida, o policial ele ouviu o depoimento da criança.

Segundo informações repassadas à imprensa local, os abusos acontecem desde que a menina completou 8 anos de idade.

Curta a página do Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias.

A criança teria informado em depoimento que era abusada sexualmente pelo padrinho, Antônio da Silva dos Santos, 33 anos; pelo cunhado, marido da irmã, Agnaldo Belmiro dos Santos, 28 anos; o padrasto do cunhado, o idoso Rivaldo Xavier de Oliveira, 74 anos e pelo pai de uma amiga do colégio, Arlindo Germano de Araújo, 33 anos. Todos tiveram prisão decretada pela juíza Inês Cristina, da comarca de Alagoinha.

De acordo com o delegado Janduí Pereira, a menina disse que um dos acusados casaria com ela quando crescesse e não queria que os policiais não fizessem nada com ele pois gostava dele. “[Ele] informava que quando ela tivesse com 14 ou 15 anos, casaria com ela, e ela estava gostando dele”, relatou o policial.





Nenhum comentário:

Postar um comentário