sábado, 2 de maio de 2015

Empresa aérea faz primeiras contratações para operar voos pelo interior da PB

Diário do Sertão
Foto ilustrativa da internet



De acordo com o presidente da TAG, Delano Mota, o processo da empresa, que tramita na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) já entrou em sua 2ª fase.

Empresa aérea faz primeiras contratações para operar voo entre Patos e JP; 40 min. é o tempo para chegar.

A companhia TAG Linhas Aéreas, que deverá começar a atuar no início de 2016 fazendo voos entre João Pessoa e Patos, já está contratando seus primeiros funcionários. O gerente de operações e o engenheiro de manutenção já foram recrutados e o chefe dos comissários está sendo selecionado. Além disso, a empresa já está recebendo currículos de pilotos, copilotos e comissários de bordo.

De acordo com o presidente da TAG, Delano Mota, o processo da empresa, que tramita na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) solicitando autorização para os voos, já entrou em sua segunda fase. De acordo com Delano, é nessa etapa que é necessário apresentar um plano de voo, assim como outros aspectos mais técnicos do funcionamento da companhia, e para isso a figura do gerente de operações é fundamental.

Curta a página do Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias. 

“Esse profissional fará toda a parte operacional, o plano de voos, e também a seleção e o treinamento dos pilotos. É um profissional experiente, com mais de 20 mil horas de voo”, explicou Delano. Segundo ele, os pilotos e comissários paraibanos serão priorizados na seleção. “Queremos valorizar a prata da casa”, disse. Segundo ele, 14 pilotos e 12 comissários serão contratados.

Delano Mota contou que duas aeronaves do modelo EMB 120 Brasília, estão sendo compradas pela TAG através de leasing. “Só estamos acertando alguns detalhes do contrato e as aeronaves devem chegar entre julho e setembro”, contou Delano, acrescentando que no total cerca de R$ 10 milhões estão sendo investidos na empresa.
O empresário revelou ainda, que ainda esse mês deverá entrar em contato com a Prefeitura de Patos para acertar uma pequena reforma no aeródromo da cidade.

“A estrutura lá já é boa, mas tem algumas pequenas melhorias que precisam ser feitas. De qualquer forma temos tempo, tem até o final do ano para fazer isso”, disse ele assegurando que o voo inaugural da empresa está mantido para o início do ano que vem.

Se conseguir a concessão da Anac, a TAG deverá operar com quatro voos diários, e trará preços competitivos com o transporte terrestre. Delano Mota estima que as passagens aéreas da nova companhia custarão entre R$ 75,00 e R$ 85,00 e o percurso será completado em cerca de 40 minutos. Atualmente a passagem de ônibus para Patos custa R$ 61,20 pela companhia Guanabara, que faz o percurso em cinco horas.





Nenhum comentário:

Postar um comentário