quinta-feira, 30 de abril de 2015

Nova doença na PB pode ser tipo inédito de dengue ou ter sido trazida durante a Copa

Especialista e MS dizem que não é grave
Portal Correio
Foto reprodução Portal Correio



Profissionais de saúde ainda estão examinando amostras de pessoas com os sintomas, mas ainda não se sabe ao certo do que se trata; a orientação é procurar um posto de saúde o caso ser notificado.

A doença misteriosa e ainda desconhecida que se manifesta através de manchas avermelhadas na pele e dores nas articulações e nos olhos pode ser um novo tipo de dengue ou uma nova doença transmitida também pelo mosquito aedes aegypti. Essa nova doença pode ter sido trazida ao Brasil durante Copa do Mundo e está sendo estudada por pesquisadores que conseguiram detectar o vírus na Região Metropolitana de Salvador, na Bahia.

Na Paraíba, a gerente de Vigilância em Saúde do Estado, Renata Nóbrega, informou que exames foram feitos em pacientes que apresentaram esses sintomas e o resultado deu positivo para dengue.

"Estamos estudando os casos em parceria com o Ministério da Saúde. Por enquanto estamos investigando e não temos ainda conclusões, mas alguns exames deram positivo para dengue, nos fazendo crer que pode ser uma nova apresentação da doença".

A especialista explicou que ainda é muito cedo para fazer qualquer afirmação e a possibilidade de ser uma nova doença transmitida pelos mesmos vetores da dengue não foi descartada.

A orientação que está sendo repassada para os profissionais de saúde do estado, conforme Renata, é de que os casos que cheguem com os sintomas em questão sejam notificados como 'exantema a esclarecer'. Eles serão melhor estudados para que se chegue a uma resposta mais clara e consistente sobre a enfermidade.

Curta a página do Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias. 

No entanto, Renata aconselha a população a continuar com os cuidados necessários para evitar a proliferação do aedes aegypti, que é não deixar água parada ou lixo acumulado. As orientações para evitar o mosquito devem ser intensificadas porque isso ajuda a prevenir tanto a dengue, como a chikungunya ou essa possível nova apresentação da dengue ou nova doença misteriosa.

Doença pode ter vindo na Copa

A doença misteriosa que possivelmente pode estar acometendo paraibanos pode ser uma doença muito comum nos países africanos e asiáticos que ainda não tinha notificações na América Latina, mas que pode ter chegado aqui durante a Copa do Mundo.

Como possui os sintomas parecidos com os da dengue teria passado despercebida até agora das autoridades sanitárias brasileiras.

Trata-se de um vírus conhecido como 'zika vírus' e que teria sido isolado e detectado em oito amostras de 25 testadas pelos pesquisadores Gúbio Soares e Silvia Sardi, do Instituto de Biologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Os pacientes examinados são do município de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador, na Bahia.

Por enquanto, ainda não se sabe nada ao certo, mas a recomendação da Gerência de Vigilância em Saúde da Secretaria de Saúde da Paraíba é de que ao sentir os sintomas a população deve procurar os postos de saúde mais próximos para receber as orientações necessárias e para que o caso seja notificado.

Sem Chikungunya

A gerente de Vigilância em Saúde da Paraíba informou também que os mesmos casos examinados, nos quais alguns deram positivo para dengue, deram negativo para a febre chikungunya.

Ela garantiu que ainda não foi notificado no estado nenhum caso da Chikungunia, que é uma doença com sintomas parecidos com os da dengue, como febre alta, mal-estar, dores pelo corpo, dor de cabeça, apatia e cansaço, acrescido de dores nas articulações, e também transmitida pelo aedes aegypti.


No Brasil, a febre chegou na Amazônia, através de ilhas do Caribe e da Guiana Francesa e vem se espalhando. Ainda não há registros de que ela tenha chegado à Paraíba, mas as recomendações para evitá-la são as mesmas da dengue.







Nenhum comentário:

Postar um comentário