segunda-feira, 6 de abril de 2015

Cariri Paraibano: Incêndio atinge cerca de 5 mil metros quadrados e assusta população

Chamas atingiram a vegetação


Portal Correio
Foto reprodução Portal Correio

  
Apesar do apelo e apreensão da população local, o incêndio não atingiu grandes proporções e foi controlado antes da meia noite; ninguém informou o que poderia ter causado a ocorrência.

Um incêndio na Zona Rural do município de Cabaceiras, no Cariri Oriental da Paraíba, a 180 km de João Pessoa, atingiu, segundo o Corpo de Bombeiros, uma área de cerca de cinco mil metros quadrados (meio hectare), ocupada por capim e árvores de pequeno porte, na noite desta segunda-feira (6). O fato assustou a população local, que acionou os oficiais para conterem o fogo, ficando apreensiva com o fato de que as chamas pudessem se espalhar e atingir residências.

Segundo o subtenente César, do Corpo de Bombeiros de Campina Grande, que fica responsável pelas ocorrências da região, o incêndio, apesar do apelo da população, não atingiu grandes proporções e foi controlado antes da meia noite.

“Duas viaturas se deslocaram ao local, sendo uma menor apenas para dar suporte. O fogo foi controlado e não atingiu nenhuma casa. Também não houve feridos ou intoxicados”, disse o oficial, acrescentando que a guarnição tranquilizou os moradores e não registrou prejuízos materiais.

Curta a página do Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias.

De acordo com César, ninguém informou aos agentes o que poderia ter causado o incêndio. Em casos como este, segundo ele, pode ter ocorrido uma ação criminosa ou acidental. Nessa última hipótese, o causador poderia omitir a motivação, ficando difícil determinar como o fato teve início.

“No tipo de vegetação do local qualquer fagulha pode provocar chamas maiores, se espalhando com o vento, mas, dificilmente, o fogo chega às residências, pois as casas não têm mato ao redor”, concluiu o subtenente.

Chamas atingiram a vegetação

Incêndio foi controlado pelo Corpo de Bombeiros






Nenhum comentário:

Postar um comentário