quinta-feira, 23 de abril de 2015

Boato de que Dilma Rousseff aprovou a implantação de chips nos brasileiros é falso

Gospel Mais
Foto reprodução Gospel Mais



Boato de que Dilma Rousseff aprovou a implantação de chips nos brasileiros é falso; Entenda.

Um rumor de que a presidente Dilma Rousseff (PT) estaria em fase final de planejamento para aprovar uma lei que obrigaria as pessoas a implantarem chips sob a pele tomou as redes sociais nas últimas semanas.

O boato infundado surgiu em uma página sensacionalista voltada ao público evangélico no Facebook, usando imagens e áudios da presidente em cerimônias distintas e que não tratavam de questões ligadas à suposta implantação de chips.

Um trecho de uma entrevista de Dilma Rousseff concedida logo após a entrega de casas do programa habitacional Minha Casa Minha Vida, em Rio Branco (AC), foi usado fora de contexto para passar a impressão de credibilidade.

Curta a página do Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias.

Os autores do boato cortaram o vídeo no trecho que a presidente fala dos estudos para implantação de um Registro de Identidade Civil (RIC), projeto em andamento desde 2010 que envolve o uso de um chip em um cartão (igual aos cartões bancários e de crédito atuais) que concentraria todas as informações do cidadão, como RG, CPF, Carteira Nacional de Habilitação (CNH), matrícula no SUS, etc.

Marca da Besta

Obviamente, muitos evangélicos ajudaram a espalhar o falso rumor, motivados pelo temor de que a presidente petista estivesse protagonizando a profecia bíblica do Apocalipse.

Uma menção ao pastor Silas Malafaia, que supostamente falaria sobre o tema em seu programa de TV, foi usada para aumentar ainda mais a circulação do boato. O próprio Malafaia usou seu Twitter para negar a informação e alertar para que não seja dado crédito a tudo que se publica na internet.





Nenhum comentário:

Postar um comentário