quinta-feira, 16 de abril de 2015

Adolescente é detido pela Polícia e confessa que estuprava o irmão há 2 anos

Portal Correio
Foto ilustrativa da internet




Segundo a delegada Alba Tânia, de Repressão de Crimes Contra a Infância de Campina Grande, a Polícia Civil tomou conhecimento depois que a mãe dos garotos procurou o Conselho Tutelar da cidade para denunciar o abuso

Um adolescente de 15 anos foi detido em flagrante suspeito de estuprar um menino de 7 anos, que seria irmão dele. O caso aconteceu nessa quarta-feira (15), em Campina Grande, no Agreste do estado. O menor confessou o crime e disse que abusava do irmão há 2 anos.

Segundo a delegada Alba Tânia, de Repressão de Crimes Contra a Infância de Campina Grande, a Polícia Civil tomou conhecimento depois que a mãe dos garotos procurou o Conselho Tutelar da cidade para denunciar o abuso.

“A vítima foi até a casa da tia e disse que tinha sido abusada pelo irmão mais velho. A mulher ligou para a mãe – que tinha ido ao presídio visitar o marido e deixou o adolescente cuidando de cinco irmãos – e quando ela retornou comunicou o caso ao Conselho Tutelar, que acionou nossa equipe”, comentou Alba Tânia.

Curta a página do Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias.

Ainda segundo a delegada, o menor infrator foi detido e durante depoimento confessou que mantinha relação sexual com o irmão. “De início negou. Mas, logo depois confessou como ocorriam os abusos e disse que a relação sexual com a criança vem ocorrendo há 2 anos.

A vítima foi levada para exames no Instituto de Medicina Legal (IML) de Campina Grande. “Foi colhido um material do ânus da criança para saber se era esperma. A cueca do garotinho estava suja de sangue. O menino falou que fazia pouco tempo que tinha sido abusado pelo adolescente que pode ter violentado de outro irmão”, falou a delegada.

O adolescente será apresentado nesta quinta-feira (16) ao Ministério Público de Campina Grande que deverá ser decidir sobre a internação do menor.





Nenhum comentário:

Postar um comentário