segunda-feira, 2 de março de 2015

Seridó paraibano: Governo investe na construção de cisternas e beneficia mais 14 mil famílias


O Governo do Estado, em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), para amenizar a situação das famílias de cidades do Sertão do Estado que convivem com a seca, entregará este ano 14.164 cisternas de placa, com capacidade de 16 mil litros, destinadas ao armazenamento de água para consumo humano. Com isso, serão beneficiadas 14.164 famílias, já que cada família tem direito a uma cisterna.

Ainda serão beneficiadas com a construção de cisternas de placas Cubati no Seridó Oriental paraibano, com 660; Malta - PB, com 524; Puxinanã - PB, com 464; São Bento - PB, com a construção de 466 cisternas; Montadas - PB, com 362; e Desterro - PB, com 340 cisternas de placas.

Produção de alimentos – Com o objeto de evitar que a economia do Estado desacelere por conta da diminuição na produção de alimentos, o Governo do Estado, também em parceria com o MDS, irá construir, ainda em 2015, 2.028 cisternas do tipo calçadão, com capacidade de 52 mil litros de água cada uma, 500 cisternas de enxurrada, com capacidade de 52 mil litros; além de 151 barragens subterrâneas e 224 barreiros trincheira.

Ao todo, os investimentos somam R$ 35 milhões, sendo R$ 3,2 milhões com recursos próprios. Com a construção de cisternas voltadas para a produção de alimentos, o número de pessoas beneficiadas é de aproximadamente 14.515, distribuídas em cerca de 2,9 mil famílias. Com isso, 46 cidades serão beneficiadas com ações para garantir o acesso à água.


Curta a página do Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias.

Nesta etapa de construção para o enfrentamento à seca, serão beneficiadas as cidades de Bananeiras, Baraúnas, Cacimba de Dentro, Campina Grande, Casserengue, Catolé do Rocha, Dona Inez, Riachão, Tacima, Monteiro e Taperoá. Entre execuções e construções de cisternas, o Governo do Estado irá beneficiar mais de 100 mil pessoas, distribuídas em cerca de 21,6 mil famílias.

Outras ações – Além do Programa de Cisternas, o Governo do Estado, em parceria com o MDS, implanta outras tecnologias sociais para captação de armazenamento de água das chuvas para garantir o direito de acesso à água potável e a fixação do homem no campo. O Programa de Aquisição de Alimentos com Doação Simultânea é outro mecanismo usado pelo Governo do Estado para evitar o êxodo rural. O programa atua em duas frentes: realiza compra dos produtos oriundos da agricultura familiar e na doação às famílias carentes da Paraíba.

Para fortalecer ainda mais o Programa de Aquisição de Alimentos nas cidades do Estado, foi firmado convênio com o MDS para a implantação de 127 Centrais de Comercialização de Produtos da Agricultura Familiar, ações que devem contribuir para a consolidação de mercados locais.






SECOM PB
Foto reprodução SECOM PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário