segunda-feira, 30 de março de 2015

Seridó paraibano: Filho tenta assassinar o pai, mata funcionário e depois comete suicídio


Portal Correio
Fotos: reprodução Rede de Notícias PB

Segundo a PM, o jovem atirou no pai e o funcionário tentou evitar um quarto disparo quando entrou em luta corporal com o suspeito, mas também foi atingido e morreu no local. Após o crime, suspeito se matou.

Um filho tentou matar a tiros o próprio pai, entrou em luta corporal e matou um funcionário do bar da vítima e depois se matou. O caso ocorreu na tarde desta segunda-feira (30) na cidade de Pedra Lavrada, Seridó Oriental paraibano, a 230 km de João Pessoa. Ferido na clavícula e no peito esquerdo, o pai do suspeito foi levado para o Hospital de Trauma de Campina Grande onde esta internado em estado de saúde considerado estável e deve passar por exames.

Segundo o soldado Lima Andrade, da Polícia Militar em Pedra Lavrada, o jovem atirou três vezes no pai, um funcionário do bar tentou evitar um quarto disparo e entrou em luta corporal com o suspeito.

Curta a página do Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias.

“O filho deu três tiros no pai e quando iria dar o quarto disparo foi impedido pelo funcionário, que entrou em luta corporal e também foi atingido, morrendo no local. Vendo o pai caído no chão e o funcionário do bar morto, o suspeito acabou se matando”, afirmou o soldado.

Ainda de acordo com o PM, as motivações do crime são desconhecidas. “Ainda são poucas as informações e não temos uma indicação da motivação. Uma equipe da Polícia Civil de Picuí foi chamada a cidade para atender o caso e começar os procedimentos de investigação”, concluiu o soldado.

A reportagem entrou em contato com o Hospital de Trauma de Campina Grande, e foi informado pela assessoria de comunicação que a vítima deu entrada no hospital com ferimentos na clavícula e no peito esquerdo. O homem segue internado em estado estável e deve passar por exames para analise de necessidade de cirurgia.

Caso ocorreu em Pedra Lavrada


Funcionário conhecido como Vei, foi morto ao tentar impedir a tragédia  

Após atirar no pai e no funcionário, Alessandro atentou contra a própria vida 




Nenhum comentário:

Postar um comentário