domingo, 8 de março de 2015

PSOL critica Cássio e diz que senador sofre com isolamento por falta de hábito na oposição


O presidente estadual do PSOL, Fabiano Galdino, afirmou que o senador Cássio Cunha Lima sofre isolamento político após derrota nas eleições 2014 e que a condição de líder do PSDB no senado tem levado o senador Cássio a traçar suas estratégias de sobrevivência.

“Não dúvidas de que Cássio Cunha Lima sofre isolamento na Paraíba, já que seu ex-aliado e adversário que o derrotou nas urnas, o governador Ricardo Coutinho, age para quebrar o que sobrou da liderança do tucano no Estado”, comentou.

Segundo o dirigente do PSOL paraibano, depois de derrotado nas urnas por ocasião da disputa pelo Governo do Estado em 2014, o senador Cássio Cunha Lima, agora, na condição do líder do PSDB no Senado, faz das críticas ao Governo federal uma forma de sobrevivência política. “Cássio diz que o Brasil vive uma situação extremamente grave. A questão é sabermos até quando o líder do PSDB no senado conseguirá agir como porta-voz da oposição ao Governo Dilma”, disparou.

Curta a página do Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias.

Galdino lembrou que, em sua trajetória política, o senador Cássio Cunha Lima nunca esteve habituado a fazer oposição e questionou qual seria o papel do senador paraibano no desenvolvimento do Estado.

"De origem situacionista em governos anteriores no plano federal, Cássio terá que se desdobrar muito para conseguir convencer a partir de um discurso oposicionista. Para os paraibanos, ficam alguns questionamentos: Quais as ações do senador Cássio com vistas ao desenvolvimento da Paraíba? Como ele pretende debater sobre as obras estruturantes, objeto de promessas da campanha ao senado, em 2010?”, afirmou.







PB Agora
Foto reprodução internet

Nenhum comentário:

Postar um comentário