quarta-feira, 18 de março de 2015

Cariri paraibano: Batida de frente deixa cerca de 11 feridos e manobra indevida seria a causa

Veículo que teria provocado colisão

Polícia Militar informou que motorista de transporte alternativo teria tentado ultrapassar um caminhão em um local inadequado, chocando-se de frente com um carro que vinha no sentido oposto.

Uma batida de frente por pouco não terminou em uma tragédia maior na noite desta terça-feira (17), na BR-412, na saída da cidade de Serra Branca, no Cariri, a 234 km de João Pessoa. O acidente envolveu um Chevrolet Veraneio, que seria utilizado para transporte alternativo, e um automóvel Nissan Versa. Os ocupantes dos dois veículos tiveram apenas ferimentos leves e o condutor do Nissan teve uma fratura no braço.

Segundo o Soldado Mangueira, do Batalhão de Polícia Militar de Serra Branca, o motorista do alternativo teria tentado ultrapassar um caminhão em um local indevido, no sentido Serra Branca-Monteiro. Ao realizar a manobra, acabou se chocando de frente com o outro veículo.

O alternativo, segundo a PM, seguia lotado, com cerca de sete ocupantes, já contando com o motorista. No outro carro havia quatro pessoas.

Curta a página do Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias.

“O motorista que sofreu a fratura no braço foi socorrido por uma ambulância do Samu para Serra Branca e depois foi transferido para Campina Grande. Os veículos já foram recolhidos pela Polícia Rodoviária Federal e a via não ficou obstruída por muito tempo”, contou Mangueira, instantes após sair do local do acidente.

A PRF ainda seguiria com as investigações para comprovar se a ultrapassagem foi o fato motivador da colisão.

Veículo Nissan ficou bastante danificado 








Portal Correio
Foto reprodução de Olho no Cariri

Nenhum comentário:

Postar um comentário