quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Seridó paraibano: Motorista pede na justiça anulação de concurso público

"Só passou em Tenório parentes do prefeito” afirma Everaldo Valero que entrou juntos com outros candidatos com ação na justiça pedido anulação do certame.

O motorista Everaldo Valero, morador do município de Tenório no Seridó Oriental paraibano relata que foi prejudicado e lesado pela Prefeitura de Tenório na realização do concurso público promovido no último dia 18 de janeiro, cujo resultado saiu à meia noite do dia 28 de janeiro, que segundo o candidato, horário no mínimo questionável.

Mas o maior questionamento de Everaldo é que ele garante que um candidato analfabeto aliado do prefeito Evilazio de Araújo entregou a prova em branco diante dos seus olhos e para a sua surpresa, quando saiu o resultado, ele tinha sido aprovado.

Curta a página do Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias. 
“Não só eu, mas diversas pessoas deram entrada hoje (quarta feira), na comarca de Juazeirinho - PB de uma ação judicial pedindo anulação do concurso. Como pode, só passar os parentescos do prefeito?” disse Everaldo que fez o concurso para motorista.
O motorista ainda afirma que um vigilante e outro que foi aprovado para coveiro, são totalmente analfabetos e foram aprovados.
“O que se diz nos quatro cantos da cidade, é que todas as pessoas ligadas ao prefeito foram classificadas propositalmente, o que demonstra verdade quando se vê a lista de classificados e aprovados, só passou quem o prefeito quis”. afirmou Everaldo.
“Esposo de secretária, genro do prefeito, irmã de ex-vice prefeito, esposa de vereador, nora da irmã do prefeito, filhas do prefeito entre outros com grau de parentesco ou ligação política do prefeito, foram todas aprovadas” - diz o motorista que acrescenta: "Colocamos na ação que não é possível que a genialidade tenha tomado conta da cabeça dos familiares e amigos do prefeito, apenas e tão somente no dia das provas do concurso público para provimento de cargos efetivos da Prefeitura de Tenório".
Everaldo finalizou dizendo que entrou através de José Fernandes Mariz advogados associados, juntamente com mais dois candidatos que sentiram fraudados pelo certame com ação judicial pedindo cancelamento do concurso e agora espera a decisão judicial.
A redação não conseguiu entrar em contato com o Prefeito de Tenório, mas abre espaço democraticamente, neste portal, caso o mesmo queira se pronunciar.






Agita Paraíba
Foto reprodução Agita Paraíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário