sábado, 14 de fevereiro de 2015

Policiais fazem ritual de exorcismo no meio da rua; Veja o vídeo

O policial militar, fardado,  comanda o ritual de exorcismo, rezando palavras para "expulsar a criatura maligna" do rapaz sem camiseta. 

Um vídeo publicado no Facebook na última terça-feira (10), mostra pelo menos quatro policias militares (PM-GO) realizando um ritual de exorcismo em um homem não identificado, que estava sem camiseta. O vídeo de nove minutos mostra o rapaz sendo segurado por dois policiais, enquanto um terceiro PM segura na cabeça do jovem, bastante agitado, dizendo as palavras: “Sai em nome de Jesus!”

O vídeo acima foi gravado por um pedestre que estava passando pelo local e já foi compartilhado por quase 12 mil pessoas em menos de 24 horas, após ser publicado nas redes sociais. A assessoria disse apenas que o fato ocorreu na cidade de Goianira no interior do estado de Goiás e que o motivo inicial que levou a viatura a ser chamada no local foi o fato do suspeito ter quebrado alguns objetos em um bar da região. Até o final da gravação, que dura cerca de 9 minutos, o jovem que estava sendo “abordado” ainda não tinha sido controlado ou mesmo acalmado pelos soldados.

Os termos exorcismo, esconjuração ou esconjuro, denominam o ritual executado por uma pessoa devidamente autorizada para expulsar espíritos malignos (ou demônios) de uma pessoa que acredite estar num estado de possessão demoníaca. Atualmente é realizado em diversos programas evangélicos na televisão e em dias de culto específicos, conhecidos como “sessões de descarrego”.

Curta a página do Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias. 
 Em nota o Tenente Coronel Ricardo Mendes, porta-voz oficial da PM disse que “A instituição instaurou um procedimento administrativo para apurar a não obediência da orientação oficial padrão de como agir em abordagens, por parte dos soldados envolvidos no vídeo, além de investigar se foi desrespeitada outra orientação do comando, que proíbe policiais militares de registrar e divulgar imagens das ações realizadas pelos agentes.”








Jornal da Manhã
Foto reprodução Jornal da Manhã

Nenhum comentário:

Postar um comentário