quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Polícia Militar cerca mata para prender assaltantes de banco na Paraíba

PM faz cerco em mata

Segundo a PM, durante a fuga, os bandidos abandonaram um malote de dinheiro e um carro.

Um bando formado por dez homens explodiu a agência do Banco do Brasil na cidade de Puxinanã, no Agreste do estado a 148 km de João Pessoa, na madrugada desta quinta-feira (22). Houve troca de tiros com a Polícia Militar. Cerca de 40 PM´s estão fazendo um rastreamento em parte da zona rural de Campina Grande para capturar os assaltantes. Até as 09h ninguém tinha sido preso.

“Uma área de mata está cercada e acreditamos que o bando esteja escondido dentro dela. Estamos fazendo uma saturação na região para prender os assaltantes. Policiais da Rotam, Força Tática e Rádio Patrulha estão em buscas dos criminosos”, adiantou o coronel João da Mata, comandante do Policiamento Regional I.
O coronel informou que o serviço de inteligência das policias Civil e Militar estava investigando o grupo desde a tentativa de assalto a um caixa eletrônico em Campina Grande no início da semana.

Curta a página do Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias.
“A gente já vinha acompanhando do bando e já esperávamos que ele iria tentar explodir algum banco na região de Campina Grande. Hoje (22), os assaltantes agiram em Puxixanã, mas durante a fuga se depararam com uma viatura da PM e entraram em confronto. Um malote de dinheiro foi abandonado dentro de um carro. Dois veículos foram abandonados. Cápsulas foram encontradas e bananas de dinamites”, comentou o comandante.
 Houve troca de tiros com a Polícia Militar

Dinheiro deixado pelos bandidos

Carro deixado na fuga






Portal Correio

Fotos reprodução Portal Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário