segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Jovem teria sido assassinado por conta de relação extraconjugal com evangélica

legenda da imagem

O motorista de alternativo Cleiton Uillian de Lima, 23 anos, foi assassinado na noite desse domingo (4), no Centro da cidade de Cabedelo, na Grande João Pessoa. De acordo com o delegado de Homicídios, Paulo Josafá, o crime pode ter sido motivado por um caso extraconjugal da vítima.
O delegado explicou que um casal se converteu ao evangelho e durante testemunho o homem – apontado como suspeito da autoria do crime – teria confessado os inúmeros envolvimentos dele com outras mulheres durante o casamento. A mulher também revelou que teve um caso extraconjugal e teria apontado Cleiton como amante dela.
“A vítima – que vinha sendo ameaçada - não estava mais com a mulher, que teria revelado para o marido que o filho deles poderia ser do Cleiton e não do atual esposo. Houve brigas entre o casal e a família aponta o homem – atual esposo da mulher – como autor ou mandante do homicídio”, revelou Paulo Josafá.

Curta a página do Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias.
Ainda de acordo com o delegado, o suspeito foi procurado, mas não foi encontrado. Uma câmera de segurança pertencente a uma clínica pode ter gravado o homicídio.
Cleiton Uillian foi morto com cinco tiros na cabeça o que, conforme Paulo Josafá, configura execução. O corpo da vítima foi levado para a Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol), no bairro do Cristo Redentor, em João Pessoa.
 Cleiton foi morto com cinco tiros
Cleiton foi morto com cinco tiros
Foto reprodução Emerson Machado







Portal Correio
Foto reprodução internet

Nenhum comentário:

Postar um comentário