segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Internauta flagra casal moradores de rua fazendo sexo dentro de fonte em praça pública

Casal chegou a fazer sexo dentro da fonte (Foto: Arquivo pessoal / Daniela Del Cistia)

Uma internauta flagrou moradores de rua nadando em uma fonte da praça do Largo do Rosário, no centro de Sorocaba (SP). O grupo é formado por, aproximadamente, 15 homens e mulheres. Um casal chegou a ser flagrado fazendo sexo dentro da "piscina". A Guarda Civil Municipal (GCM) confirma o recebimento de denúncias e diz orientar as pessoas sobre os riscos.

 “Os moradores de rua estão invadindo o centro. Eles ficam a semana toda na praça nadando nesta fonte. Inclusive, já teve uma vez que eles fizeram sexo ali”, afirma a veterinária Daniela Del Cistia, que mora próximo ao local e tirou as fotos na sexta-feira (16). Ela diz que aciona a GCM sempre que possível. “A Guarda chega e eles saem da água, mas meia hora depois já está todo mundo de volta”, reclama.

Curta a página do Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias.

De acordo com ela, a sensação para quem mora ou passa no local é de insegurança. “Sem contar que a praça fica toda suja, cheira a urina. Eles ficam jogando bola a tarde toda, acertando os carros e fazendo os pedestres desviarem deles”, diz.

Grupo de pessoas nada em fonte no meio de praça em Sorocaba (Foto: Arquivo pessoal / Daniela Del Cistia)

Grupo de pessoas nada em fonte no meio de praça em Sorocaba

Segundo ele, de acordo com a disponibilidade, a guarda envia viaturas ao local e os oficiais dão orientações para os moradores de rua sobre os riscos de se entrar ali. “A fonte não foi feita para isso, então eles podem se machucar. Inclusive, um deles acabou caindo alguns dias atrás. Como não existe um crime, eles não podem ser conduzidos para a delegacia. Infelizmente, da nossa parte só cabe a orientação.”

O subcomandante afirma não ter flagrante de pessoas nadando sem roupa na praça e, por isso, ninguém foi preso. Diz ainda que a prefeitura deve analisar o que poderá ser feito para evitar que isto aconteça novamente. “O calor não vai cessar tão cedo e eles mostram que devem continuar com esta atitude”, opina. A orientação é que as pessoas que presenciem as cenas acionem a GCM ou a Polícia Militar.








G1 Sorocaba e Jundiaí
Foto: Arquivo pessoal/Daniela Del Cistia

Nenhum comentário:

Postar um comentário