quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Ao menos oito homicídios e tentativas foram registradas na virada do ano na Paraíba

Familiar chora de parente em Santa Rita

Crimes ocorreram em João Pessoa, Alhandra, Santa Rita, Sousa e Cajazeiras. Em alguns casos PM confirmou os crimes, mas não soube mais informações sobre os casos.

Nas últimas horas de 2014 e no início de 2015 foram registrados, pelo menos, oito homicídios e tentativas de homicídios em cidades da Grande João Pessoa e interior do estado.

Em Santa Rita, na Grande João Pessoa, dois homens foram mortos. O primeiro crime ocorreu no Centro da cidade, quando um homem foi morto por disparos de arma de fogo. A Polícia Militar (PM) não soube informa a motivação do crime ou a indicação do bandido que cometeu o assassinato. A segunda morte foi registrada no bairro Santa Cruz, onde um homem também foi assassinado por disparos de arma de fogo. Assim como no primeiro crime, a PM também não informou a motivação e o paradeiro dos assassinos.


Curta a página do Facebook AQUI ou siga o Twitter AQUI do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias.

Na cidade de Sousa, Sertão paraibano, um homem de 47 anos foi morto por um motoqueiro quando trafegava na BR-230. Segundo a PM, o homem teria saído de uma festa e retornava para casa quando foi surpreendido pelo bandido. A vítima sofreu dois disparos e foi socorrida para o Hospital Regional de Sousa, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Já em Cajazeiras, também no Sertão, um homem de 30 anos sofreu uma tentativa de homicídio, na noite da última quarta-feira (31). A PM informou que a vítima estava em uma rua da cidade quando foi surpreendida por dois homens em uma moto, que dispararam por diversas vezes. O rapaz foi ferido na perna e socorrido para um hospital de Cajazeiras, onde foi atendido e liberado.

Outros crimes também foram registrados na Grande João Pessoa, como um homem assassinado em Mandacaru e duas mortes ocorridas no município de Alhandra, mas, até o fechamento desta matéria, a PM confirmou os crimes, porém não soube dar mais informações.






Portal Correio
FotoInstagram/MofiCorreio

Nenhum comentário:

Postar um comentário