segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Professora é assassinada e ex-cunhado confessa o crime


Inicialmente foi divulgado que o caso se tratava de um latrocínio. No entanto, o suspeito disse que matou a mulher porque ela infuenciou o seu divórcio.
De acordo com a Polícia Militar, a faca usada para matar a mulher foi deixada no local do crime pelo suspeito. Houve ainda uma tentativa de violência da população contra o homem antes que ele fosse preso.

Curta o Facebook do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias. Clique AQUI
Após a prisão, o suspeito foi levado para a Central de Polícia, no Varadouro, onde confessou o crime e informou que era ex-cunhado de Maria das Graças. Ele disse que planejou o assassinato em razão da professora ter feito com que ele se separasse da mulher, que era irmã da vítima "Ela fez a cama da minha esposa para ela se separar de mim", disse o homem a reportagem da TV Cabo Branco.
O delegado Paulo Josafá informou que a hipótese de latrocínio está descartada. Segundo ele, a polícia espera ouvir parentes da vítima apenas para confirmar se de fato o suspeito é ex-cunhado de Maria das Graças.






Jornal da Paraíba
Foto reprodução WhatsApp

Nenhum comentário:

Postar um comentário