sábado, 8 de novembro de 2014

Candidata de 32 anos tem AVC e morre em local de prova do Enem


Uma candidata do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) morreu no Colégio Santa Emília, no bairro do Jardim Atlântico, em Olinda (PE), onde faria a prova neste sábado. Segundo o Instituto Médico Legal (IML), a comerciante Edvania Florinda de Assis, de 32 anos, sofreu um edema agudo pulmonar. Ela chegou a ser atendida pela equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Emergência (Samu), mas não resistiu e faleceu no local, por insuficiência respiratória. À noite, a presidente Dilma Rousseff lamentou a morte pelo Twitter.

De acordo com funcionários que trabalham na entrada da escola, Edvania foi, primeiramente, a uma outra unidade do Colégio Santa Emília, a cerca de 1km de distância, no mesmo bairro do Jardim Atlântico. Quando percebeu que estava no prédio errado, correu para o endereço certo. Ela atravessou os portões de entrada quatro minutos antes do seu fechamento, mas desmaiou em seguida. Acordou pouco depois, mas logo desmaiou de novo. Edvania foi socorrida pela enfermeira do local e pela equipe do Samu, que não puderam salvá-la.

Irmão de Edvania, o operador de máquias Abdias Domingos Gomes, de 42 anos, contou que ela estudava Nutrição no Centro Universitário Maurício de Nassau (Unissau). Ela pretendia fazer para entrar na Faculdade de Nutrição da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

- Ela tinha muita esperança. Estava em busca de um sonho e aconteceu a tragédia. A gente não sabe nem explicar - desabafou Gomes, segundo quem a irmã jamais se queixara de dor ou problemas respiratórios.

Curta o Facebook do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias. Clique AQUI 

Edvania estava acompanhada do sobrinho e do marido, Ginaldo Antonio de Araújo, com quem tinha uma filha de 4 anos de idade. Ginaldo, que também é comerciante, contou que eles estavam juntos há seis anos.

Pelo Twitter, a presidente Dilma lamentou: "Presto minha solidariedade à família e aos amigos da candidata Edivana de Assis, cuja morte ocorreu qdo se preparava p/ as provas em Olinda".

O Instituto Nacional de Estudos Educacionais Anísio Teixeira (Inep) também divulgou uma nota.

"O Instituto Nacional de Estudos Educacionais Anísio Teixeira (Inep) lamenta profundamente a morte da participante do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014 Edivania Florinda de Assis, ocorrida neste sábado, 8, em Olinda, no Colégio Santa Emília, onde faria as provas. Nesta oportunidade, o Inep se solidariza com a sua família."





O Globo
Foto: Rodrigo Carvalho / JC Imagem

Nenhum comentário:

Postar um comentário