domingo, 12 de outubro de 2014

Suposta garota de programa é encontrada morta em pousada na PB

Corpo da vítima foi encontrado no chão do quarto
Mulher identificada apenas como Patrícia foi vítima de estrangulamento.

Uma mulher de 32 anos foi encontrada morta em um quarto de pousada situada no Centro de João Pessoa, na noite desse sábado (11). A suspeita é de que ela tenha sido assassinada por estrangulamento.
Segundo o proprietário da pousada, a mulher, conhecida apenas como Patrícia, era garota de programa. Ele informou que a vítima chegou ao seu estabelecimento por volta das 12h30 e reservou um quarto. Cerca de meia hora depois voltou acompanhada de um homem, com quem se dirigiu ao cômodo solicitado.
Às 15h, o suposto cliente saiu do quarto e alugou outro cômodo, mas desta vez situado no primeiro andar. Ainda conforme o dono da pousada, o homem deixou o local por volta das 18h, pagou a conta e informou que a vítima permaneceria no quarto. Porém, o proprietário estranhou a demora da mulher e foi até o quarto chamá-la. Ela, no entanto, não respondeu ao dono da pousada, que, ao abrir a porta, a encontrou morta no chão do quarto.

Curta o Facebook do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias. Clique AQUI  
De acordo com informações do delegado de homicídios, Paulo Josafá, a polícia ainda não conseguiu descobrir a identidade da vítima. O corpo dela foi levado para o Gmol, onde passará por perícia."No quarto onde estava a vítima também foi encontrado um cachimbo semelhante aos que são usados para consumir drogas, mas ainda é cedo para afirmar que ela tinha envolvimento com esse tipo de atividade ilícita. O material foi apreendido e será submetido à perícia", completou o delegado.

Paulo Josafá disse ainda que a polícia já teve acesso as imagens captadas pelo circuito de câmeras da pousada e já está a procura do suposto assassino.
 Proprietário da pousada forneceu imagens do suposto autor do crime
Proprietário da pousada forneceu imagens do suposto autor do crime






Portal Correio
Foto reprodução Portal Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário