sábado, 4 de outubro de 2014

Segundo turno entre Dilma e Marina deve confirmar a falência absoluta do PSDB no país, diz cientista político


Apesar das últimas pesquisa apontarem uma queda de Marina Silva (PSB) e um esboço de reação de Aécio Neves (PSDB) na disputa presidencial, o 2º turno parece consolidado entre Marina e a atual presidente Dilma Rousseff (PT).

Após cinco eleições seguidas em que o PSDB vai para o segundo turno (venceu em 94 e 98), os tucanos correm sérios riscos de ficarem de fora dessa. Segundo o cientista político José Artigas, o resultado deve confirmar o fracasso absoluto do PSDB. “O PSDB como um partido de poder e relevante para o cenário nacional, deve desaparecer”, colocou.

“É claro que ainda deve eleger o governador de São Paulo, que é o maior colégio eleitoral do País, mas tudo indica que o candidato de Aécio vai perder em Minas Gerais. É uma grande derrota para o PSDB”, declarou.

Curta o Facebook do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias. Clique AQUI

O cientista político acredita que Dilma deve diminuir os ataques na TV contra Marina, apesar da queda da socialista. Segundo ele, a rejeição contra a atual presidente aumentou. Entretanto, Artigas aposta que a estratégia de ataques não vai parar, apenas mudar de campo. “Deve ir para internet e para as ruas”, apontou.







Paraíba

Foto reprodução Paraíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário