sábado, 11 de outubro de 2014

Primo de Cássio diz que tucano não precisa do PMDB para ganhar a eleição

Ivanhoé

A adesão do PMDB à reeleição do governador Ricardo Coutinho (PSB) parece que ainda não foi bem digerida no ninho tucano. Depois que Pedro Cunha Lima, filho do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), atacou na mídia a aliança entre peemedebistas e socialistas na Paraíba, desta vez foi o primo do parlamentar, Ivanhoé Cunha Lima, ironizar o partido presidido no Estado pelo ex-governador e senador eleito José Maranhão.
Ao contrário de Pedro, que usou a imprensa, Ivanhoé recorreu às redes sociais para ‘detonar’ o PMDB. Em seu perfil no Facebook, o primo de Cássio ironizou a força política da legenda peemedebista, a maior do Estado. “Pergunta que não quer calar. Quantas vezes nós precisamos do apoio do PMDB para ganharmos uma eleição na Paraíba?”, disparou o parente do senador tucano.
Apesar da adesão do PMDB à reeleição de Ricardo, alguns peemedebistas divergiram da orientação do partido e decidiram manter apoio à candidatura de Cássio Cunha Lima, como foi o caso dos deputados reeleitos Manoel Júnior (federal) e Trócolli Júnior (estadual).

Curta o Facebook do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias. Clique AQUI 
Com Ricardo, além do senador eleito José Maranhão, estão as principais lideranças do PMDB paraibano, como o senador Vital do Rêgo, o ex-prefeito de Campina Grande e deputado federal eleito, Veneziano Vital do Rêgo, o ex-governador Roberto Paulino, a prefeita Francisca Motta (Patos), o deputado estadual eleito Nabor Wanderley e o vereador Fernando Milanez, ex-presidente da Câmara Municipal de João Pessoa.






Paraíba Já

Fotos reprodução Paraíba Já

Nenhum comentário:

Postar um comentário