sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Estado de emergência já atinge 170 cidades na PB; investimentos em carros-pipas chegam a R$ 4,2 milhões


O  Governo do Estado deve assinar nos próximos dias a renovação dos contratos de estado emergência de 170 municípios paraibanos que compõem o semi-árido paraibano e  que se vencem este mês. A documentação já foi enviada pela Defesa Civil ao gabinete do governador.  O  que faz um município decretar essa situação é a falta de água, problemas com a lavoura entre outras.

Curta o Facebook do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias. Clique AQUI

A informação  foi repassada na tarde desta quinta-feira (16)  pelo gerente de operações da Defesa Civil do Estado, Antônio  Cavalcanti de Brito. De acordo com ele, cerca de 600 carros pipas estão em atividade na Paraíba e os investimentos chegam a R$ 4,2 milhões que são liberados pelo Governo Federal por meio do Ministério da Integração.

Além desses carros-pipas, outras ações de combate a estiagem devem ser adotada como, por exemplo, a construção e recuperação de passagens molhadas e a distribuição de ração para alimentar os animais.

Antônio Cavalcanti explicou ainda que além de 170 municípios, outros 25 estão com contratos de estado de emergência vencendo em  novembro e um novo estudo está sendo feito para se verificar a necessidade de prorrogação desses contratos.

Segundo ele,  a seca já é considerada a pior dos últimos 80 anos, e tem provocado danos à subsistência e à saúde em diversos municípios. “ A falta de chuvas tem gerado prejuízos significativos nas atividades produtivas, principalmente na agricultura e pecuária dos municípios afetados”, destacou.

SITUAÇÃO DE EMERGENCIA: situação anormal, provocada por desastres, causando danos e prejuízos que impliquem o comprometimento parcial da capacidade de resposta do poder público do ente atingido.

Em todo o Nordeste, foram mais de mil municípios considerados em situação de emergência. O estado com maior número de ocorrências é o Piauí: 202 municípios reconhecidos. Em segundo lugar vem a Paraíba, seguida por Pernambuco, que registrou 190 casos. O Ceará aparece na quarta colocação, com 169 municípios prejudicados; logo em seguida o Rio Grande do Norte, com 160. A Bahia ocupa a sexta posição, com 159 municípios em emergência. Alagoas, Sergipe e Maranhão têm, respectivamente, 43, 17 e 14 municípios prejudicados pela estiagem.

Em estados de outras regiões, a situação crítica foi provocada por inundações, deslizamentos, chuvas intensas, enxurradas, erosões, alagamentos, vendavais e tornados.




Paraíba
Foto reprodução Paraíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário