terça-feira, 23 de setembro de 2014

Professora é morta a facadas enquanto dava aulas na Paraíba

 Curiosos lotaram local onde professora foi assassinada

Vítima dava aulas de reforço em casa e lecionava para os pequenos, quando o suspeito invadiu a residência e a matou.

Um pescador, de 38 anos, é procurado pela Polícia Militar suspeito de ter matado uma agente de saúde e professora de 45 anos, ex-mulher dele. Ela foi assassinada a facadas na tarde desta terça-feira (23), na Baía da Traição, cidade do Litoral Norte da Paraíba. A vítima dava aulas de reforço para crianças quando foi atacada.

De acordo com o capitão Alberto Filho, os dois estavam separados há oito meses e ela teria começado um novo relacionamento há cerca de uma semana. Segundo o PM, o pescador insistia para reatar, mas ela não aceitava e ele passou a ameaçá-la.

Ao descobrir que a professora estava com outra pessoa, ele foi até a casa dela e a matou enquanto a vítima dava aulas de reforço na sala da residência onde morava. As crianças que estavam no local assistiram ao crime e chegaram a pedir ao pescador para que não a matasse.


Curta o Facebook do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias. Clique AQUI

Depois do homicídio, ele teria fugido de barco pelo rio Paraíba e logo após desembarcar teria utilizado um carro para dar continuidade à fuga. O veículo foi já foi localizado no Rio Grande do Norte, onde a polícia daquele estado também está à procura do suspeito.
Segundo o capitão Alberto Filho, da Polícia Militar da Paraíba, o pescador pode ser localizado a qualquer momento. “A PM está à procura do suspeito e ele deverá ser preso em breve”.



Portal Correio
Foto reprodução Portal Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário