quarta-feira, 24 de setembro de 2014

'Chifre político'? Após traição, ex-prefeito pede que eleitores ‘não deixem deputado entrar em suas casas’.


O ex-prefeito de Catolé do Rocha - PB, Lauro Maia, afirmou que a cidade está comovida e decepcionada com o deputado candidato a reeleição, Gervásio Maia (PMDB), que foi flagrado com a esposa do ex-prefeito.
“Foi uma traição, dentro da minha casa, com a minha esposa”, lamentou o ex-prefeito explicando que levantou de madrugada e pegou os dois no ‘flagra’. Lauro afirmou que Gervásio não conseguiu se defender e ainda apanhou. “Ele era meu hóspede, eu tratava ele como filho e o pagamento que ele me deu foi esse”, reclama.
O ex-prefeito afirmou que agora apóia o deputado Manoel Ludgério (PSD). “Dei apoio a um deputado de Catolé do Rocha, nascido aqui, ele (Gervásio) era o representante e pedeu. Destruiu a família”, conta.

Curta o Facebook do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias. Clique AQUI
De acordo com Lauro, a cidade ‘está toda comovida e decepcionada’ com ele a ponto de rasgarem as propagandas do deputado, que é candidato a reeleição na região.
Lauro descarta qualquer possibilidade de reatar a aliança com Gervásio, também rejeita que tenha havido algum mal entendido: ‘Peguei ele no ato’.
Finalizando, o ex-prefeito pede, ressentido ‘para o eleitor não deixar ele entrar na casa e se entrar, ir acompanhando’.







Paraíba
Foto reprodução Mais PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário