quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Bandidos atacam dois bancos e não levam nada

Grupo tentou invadir o Banco do Brasil, desistiu, foi até a agência do Bradesco e explodiu um caixa.
Uma quadrilha sitiou a cidade de Aroeiras, no Agreste paraibano e atacou duas agências bancárias durante a madrugada de hoje (17). Primeiro o grupo tentou invadir o Banco do Brasil, mas desistiu  e foi até a agência do Bradesco, onde explodiu um caixa.  A polícia chegou momentos após a saída dos acusados, mas ninguém foi preso. A suspeita é que havia pelo menos 6 homens no bando
Não foi confirmado se os acusados levaram o dinheiro do caixa do Bradesco. De acordo com as informações de uma moradora da cidade, comerciante de 53 anos que não quis se identificar, a ação a começou por volta de 1h30 e os acusados ficaram espalhados estrategicamente pela rua principal da cidade, onde ficam as agências. 

A primeira investida foi na agência do Banco do Brasil, onde eles quebraram a porta, mas não atacaram os caixas. No local foram deixadas dinamites e equipamentos usados no arrombamento. Depois disso, o grupo foi para a agência do Bradesco que fica próximo e lá explodiram o caixa.

Curta o Facebook do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias. Clique AQUI

Minutos após a saída dos bandidos, viaturas da Polícia Militar chegaram ao local e iniciaram as buscas. As diligências seguiram em andamento durante toda a madrugada e se estenderam pela manhã, mas até as 8h20 de hoje (17), ninguém havia sido preso. 

Sequestro

Há menos de uma semana, o subgerente do Banco do Brasil da cidade de Aroeiras, foi vítima de um sequestro. O crime aconteceu na madrugada da última quinta-feira (11), e os acusados queriam que a vítima entregasse as chaves da agência, mas não conseguiram. A polícia investiga se os ataques das duas agências, que aconteceram hoje (17), foram praticados pelo mesmo grupo que sequestrou o subgerente.








Jornal da Paraíba
Foto reprodução Rede Esperança

Nenhum comentário:

Postar um comentário