segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Família diz que criança morreu após queda; Polícia não descarta abuso sexual.

Polícia Civil
Com pouco mais de um ano, menina morreu e mãe afirma que óbito aconteceu após queda em casa; polícia trabalha com outras hipóteses.
 Uma menina de 1 ano e 3 meses morreu no município de Gurinhém, a 75 km da Capital, segundo a família, um dia após sofrer uma queda no terraço da casa onde morava. A morte foi registrada nesta segunda (4), mas a polícia suspeita da versão e não descarta a possibilidade de abuso sexual e espancamento.

Segundo o delegado da Polícia Civil, Bruno Costa, a mãe da criança contou que os vários hematomas presentes na cabeça e pescoço da menina foram ocasionados após uma queda na própria casa e que mesmo com o impacto ela não se sentiu mal.

Curta o Facebook do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias. Clique AQUI
Ainda segundo a mãe da menina, na manhã desta segunda, ela teria indo ao quarto da filha e percebido que ela já estava sem vida.

Segundo a polícia, a versão contada pela família não convence e o conselho tutelar foi o responsável por denunciar o caso, uma vez que vizinhos já teriam suspeitam que a criança sofria maus tratos.

Além da mãe, a menina morava com o padrasto que responde por violência doméstica e estaria neste novo relacionamento há quatro meses.
O corpo da menina foi levado para a Gerência de Medicina e Odontologia Legal do município de Guarabira e deve passar pelo procedimento de necropsia para ajudar a esclarecer o caso.








Portal Correio
Foto reprodução/Facebook/Polícia Civil

Nenhum comentário:

Postar um comentário