Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Velório é interrompido após IML retirar corpo de caixão para necropsia.

Lavrador foi vítima de acidente de trânsito e era velado por familiares e amigos (Foto: Junior Catita/Blog do Catita)

Corpo não teria passado por exames cadavéricos antes de ser velado.


Caso foi registrado na cidade de Buriti dos Lopes, Norte do estado.


Um fato inusitado foi registrado durante um velório na zona rural da cidade de Buriti dos Lopes, Norte do Piauí. O corpo do lavrador Bernardo José Cardoso Araújo, 57 anos, foi removido do caixão por peritos do Instituto Médico Legal (IML) nesse domingo (8) quando era velado por familiares e amigos na sua casa. O homem foi vítima de acidente de trânsito, mas o corpo não chegou a passar por perícia. A remoção foi feita a pedido da Polícia Civil.

Segundo o coordenador do IML de Parnaíba, Charles Pitter, a medida foi tomada para atender o que é estabelecido por lei. Ou seja, vítimas de traumas em decorrência de acidentes de trânsito, homicídios, envenenamento ou suicídios, devem passar por uma necropsia. “Nesses casos os corpos não podem ser velados sem passar pelo IML. Foi o que aconteceu. A família removeu o corpo do local do acidente e fez os demais procedimentos para realizar o velório”, explicou o coordenador.

Bernardo José Cardoso Araújo estava sozinho no momento do acidente e morreu na hora. A vítima não chegou a ser transferida para nenhum hospital e com isso nenhum dado foi armazenado. Segundo o IML, assim que soube do fato, o delegado de Buriti dos Lopes pediu que o corpo fosse removido para necropsia.

Mesmo chegando no momento em que o velório era realizado os peritos não encontraram resistência da família em liberar o local para que o procedimento fosse realizado. O corpo do lavrador foi removido e levado para o IML de Parnaíba, a cerca de 30 km. Por volta das 17h30min de domingo, a família conseguiu a liberação para voltar a fazer o velório.

Curta o Facebook do São Vicente Agora e fique atualizado com as notícias. Clique AQUI








G1 PI
Foto: Junior Catita/Blog do Catita
    Comente pelo Blogger
    Comente pelo Facebook

0 comentários:

Postar um comentário